NOTÍCIAS LSLB

DIA DOS PAIS

“E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor” Efésios 6.4

O Pai que mentia

Mensagem para os pais

 

            Havia uma família onde todos se ajudavam. Enquanto a mãe trabalhava fora, o pai preparava o lanche e levava a filhinha para a escola. Eles se amavam muito.Certo dia o pai foi verificar o caderno da filha para ver se as atividades estavam feitas e leu um texto em que ela havia escrito assim: “meu pai é maravilhoso! Ele cuida de mim. Prepara meu lanche. Me leva à escola. Me protege dos perigos, mas...meu pai mente! Mente quando diz que tem um emprego. Quando chega do trabalho e diz que não está cansado. Quando fala que está tudo bem. Mas eu sei que ele foi procurar trabalho. Meu pai é mentiroso”!

            Aquele pai ficou arrasado ao ler os escritos da filha. Que situação! Como ele iria olhar para sua filha? Muitas vezes os pais fazem coisas que não devem e nem se dão conta de que seus filhos estão vendo, analisando e avaliando. Quantas vezes os pais falam para seus filhos não mentirem? Mas, num gesto inconsciente, quando alguém telefona, pedem para os filhos dizerem que não estão em casa.

            Em Provérbios 22.6, Deus diz: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e ainda quando for velho, não se desviará dele”. Deus incumbiu os pais para conduzirem os filhos para uma vida de santificação, ou seja, uma vida que agrade a Deus procurando fazer a sua vontade. O pai é um sacerdote do lar, responsável pela educação de seus filhos como Deus orientou. Para essa finalidade, Martinho Lutero inclusive escreveu o catecismo menor a fim de auxiliar os pais nessa nobre tarefa para que no final de suas vidas possam dizer com alegria: “Eis aqui estou eu e os filhos que Deus me deu” (Hb 2.13).

            Portanto, você que é pai ou mãe quando for falar ou fazer qualquer coisa, pense primeiro que exemplo vai demonstrar: bom ou ruim? A Palavra de Deus nos orienta a cuidar e ensinar os nossos filhos o que é correto diante de Deus. E Deus que tanto nos amou, que enviou Jesus para morrer na cruz a fim de pagar os nossos pecados, inclusive esse da mentira, nos capacite a sermos bons exemplos de pais cristãos conforme afirma o apóstolo Paulo em Efésios 6.4 “E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor” de modo que eles cresçam no amor de Jesus e também possam viver uma vida cristã.

 

Ireneia Littig Sontag da Silva -adaptado CCE


COMPARTILHE:



Copyright © 2017. Todos os direitos reservados a LSLB
Desenvolvido por WobaDesign

Área de acesso  restrita!