TROCANDO IDEIAS

Nós contra nós

A interminável luta entre o bem e o mal está por toda parte. Dos desenhos animados do Gato e o Rato à luta entre os povos em revoltas e guerras. Enquanto vivos, somos espectadores e partícipes desta luta. Sofremos ataques de diversas formas e facetas dos inimigos do bem. Eles são poderosos, têm muita força, são muito espertos em persuasão e, às vezes, “boa-pinta”. Alguns são identificáveis: O mundo com suas maravilhas efêmeras e o Diabo com suas mentiras. Contra estes só tem um jeito: Muita fé e bom conhecimento bíblico – está escrito. (Lc cap.14)

Tão perigosos quanto os mencionados, são os inimigos que estão dentro de nós e usam nossas fraquezas, nossos corrompidos desejos, nossa ganância, nossas dúvidas nas promessas de Deus. Nesta luta somos nós contra nós. Ouçamos o que diz a Bíblia. O meu corpo em sua condição natural está afetado pelo pecado. Esse corpo é definido pela Bíblia como “minha carne”. “Não há parte sã na minha carne, (...) Não há saúde nos meus ossos, por causa do meu pecado” (Sl 38.3).  “Na minha carne não habita bem algum”, declara o apóstolo Paulo (Rm 7.18). Além da nossa carne, também o nosso coração põem-se em luta contra nós. “Porque, do coração procedem os maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias, que contaminam o homem” (Mt 15.19). “Olhar altivo e coração orgulhoso” são pecado (Pv 21.4). “Não tenha o teu coração inveja dos pecadores” (Pv 28.14). “O homem que endurece o seu coração cairá no mal” (Pv28.14). “Antes da ruína, gaba-se o coração do homem” (Pv 18.12). Também a nossa mente pode agir contra nós. “Mas receio que, assim como a serpente enganou Eva com sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devida Cristo”, foi a preocupação  de Paulo junto aos coríntios ( 2Co 11.3). Aos romanos ele faz uma confissão: “Então, ao querer fazer o bem, encontro a lei de que o mal reside em mim. Porque, no tocante ao homem interior, tenho prazer na lei de Deus; mas vejo meus nos membros outra lei que, guerreando contra a lei da minha mente, me faz prisioneiro da lei do pecado nos meus membros” (Rm 7.21-23). 

Inimigos dentro de nós contra nós. Como vencê-los? Ouçamos novamente a Bíblia. “Ainda que a minha carne e o meu coração desfaleçam, Deus é a fortaleza do meu coração e a minha herança para sempre” (Sl 73.26). “Se com a tua boca, confessares Jesus como Senhor, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo” (Rm 10.9). Estamos plenamente protegidos. “Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rm 8.31). Repito: Deus é por nós! Não pode ser, não foi, não era, não seria, mas É. Ele é, hoje, agora, neste minuto em que você lê esta frase. Não precisa esperar na fila ou voltar amanhã nem aguardar meses para ser atendido (SUS) porque Deus é bom e misericordioso. Ele opera em nós grandes maravilhas, porque a sua bondade dura para sempre (Sl 136). Ele fez uma tatuagem em suas mãos: “Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei.” (Is 49.16)

“Ficarei contente e me alegrarei por causa do teu amor” (SL 31.7ª).

Guido Rubem Goerl, Pastor emérito da IELB.


COMPARTILHE:



Copyright © 2017. Todos os direitos reservados a LSLB
Desenvolvido por WobaDesign

Área de acesso  restrita!